Tiago Antunes acusa Rio de querer mudar a Constituição para agradar ao Chega

Secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro diz que a revisão constitucional e das leis eleitorais estão na 59ª prioridade do país.

Foto
Tiago Antunes critica a proposta de impor um limite ao endividamento público Nuno Ferreira Santos

O secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes, acusa Rui Rio de propor a revisão da Constituição e do sistema eleitoral como “moeda de troca” para o governo dos Açores. Em declarações ao podcast Política com Palavra do PS, Tiago Antunes lança a suspeita sobre qual é a “agenda escondida” do líder do PSD ao anunciar apenas as propostas mas só as divulgar após as autárquicas.