Pedro Adão e Silva: explique-se, pf!

A serem verdade não apenas os factos, mas o entendimento que deles se fez, é gravíssimo que um agente público, com as altas responsabilidades que tem, menospreze um canal televisivo – seja ele qual for, ligado ou não a um clube de futebol que, por acaso, não é o seu.

Declaração de interesses: desde Março deste ano que venho colaborando com regularidade com o Porto Canal, detido por uma sociedade comercial em cujo capital social é maioritário o Futebol Clube do Porto. Isto dito, apenas por dever de probidade, mas que nunca me impediria de criticar opções editoriais do canal ou de escrever o mesmo quanto a outros, vamos ao sucedido.