Governo nega apoio de 2,5 milhões aos produtores do Douro

Produção e comércio queriam uma reserva qualitativa de 5000 pipas financiada pelo IVDP em 2021, mas o Ministério da Agricultura recusou repetir ajuda “excepcional” dada em 2020.

Foto
Ines Fernandes (arquivo)

A semanas do início de mais uma vindima, a região do Douro recebe a notícia que não queria: o mecanismo da reserva qualitativa para o vinho do Porto, que poderia significar um apoio de 2,5 milhões de euros aos produtores durienses, “não tem condições para ser renovado” em 2021.