Fonseca na luta pelo ouro e o que aí vem na jornada olímpica

Judoca português volta a competir a partir das 9h, em dia de final individual de ginástica artística sem Simone Biles

Foto
Reuters/ANNEGRET HILSE

A madrugada olímpica trouxe a luta de Jorge Fonseca pela medalha no judo e ela vai prosseguir pela manhã. Será o principal foco de atenção português, numa jornada que de resto terá como destaque o concurso completo individual de ginástica artística feminina, marcado inevitavelmente pela ausência de Simone Biles.

Jorge Fonseca defronta na meia-final o sul-coreano Guham Cho, no sétimo combate da fase de decisões no tatami do Nippon Budokan, ainda com todas as possibilidades em aberto. De resto, a manhã da comitiva portuguesa nesta quinta-feira passa pela água. Na vela, Pedro Costa e Diogo Costa continuam em competição na classe 470, enquanto na natação Tamila Holub entra nas eliminatórias de 800m livres.

Numa jornada em que serão atribuídas no total 17 medalhas mas que decorre em tom morno, na véspera de o calendário olímpico acelerar com o arranque do atletismo, começa às 11h50 a final all-around da ginástica feminina. Sem a favoritíssima Biles, que abdicou de participar depois de assumir dificuldades em lidar com o seu equilíbrio mental, será uma competição mais aberta do que se antevia à partida.

Biles, que ainda não deixou claro se irá entrar em competição nas finais por aparelhos nos próximos dias, divulgou esta manhã uma mensagem de agradecimento pelas manifestações de apoio que tem recebido.

A jornada de ténis, que passou na íntegra para a tarde no Japão, de modo a tentar minimizar os efeitos do calor, teve início às 7h e prolonga-se pela manhã, num dia em que se decidem as meias-finais femininas e os quartos-de-final masculinos. Dia também de potenciais decisões no basquetebol masculino, com a segunda jornada do Grupo C, onde ao início da manhã a Eslovénia de Luka Doncic venceu o Japão por 116-81. A partir das 13h joga-se o Espanha-Argentina.