A Europa como romance trágico

A visão de uma Europa decadente, assediada pelo seu passado e que sobrevive como uma família nobre arruinada, obrigada a vender o seu património, é o que nos oferece o romance Grand Hotel Europa, que tem como grande tema a ideia do declínio europeu, tão glosado nas suas várias dimensões desde as primeiras décadas do século XX. Conversámos por email com o escritor holandês Ilja Leonard Pfeijffer.

Foto
Stephan Vanfleteren

Ilja Leonard Pfeijffer é um escritor holandês que se estreou como poeta, radicado há mais de uma década em Génova. Este seu romance recentemente traduzido em português (por Maria Leonor Raven e publicado por Livros do Brasil) tem como título Grand Hotel Europa e conheceu uma considerável projecção internacional (pelo menos, quanto ao número de línguas em que foi traduzido) que repercutiu um enorme sucesso no seu país. Pelo menos, é disso que somos informados pelo jornalismo cultural e as notas editoriais quando procuramos saber alguma coisa sobre este autor que, certamente, era até agora quase desconhecido em Portugal.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários