Não é como o gastam, mas como o ganham

O capitalismo adora lugares virgens. Primeiro, observa-os, entende-os, domina-os. E depois ocupa-os, privatiza-os ou coloniza-os, consoante os interesses. Para alguns fica o lucro, para a maioria um futuro sombrio.

Em Maio, havia escrito aqui que os ultra-ricos andavam com a cabeça na lua. Jeff Bezos, da Amazon, Richard Branson, da Virgin Galactic, e Elon Musk, da Tesla, andam numa corrida desvairada há algum tempo para saber quem é que vai mais longe no espaço, tendo o assunto voltado esta semana ao espaço público, porque Bezos realizou o seu próprio voo.