Varosha, a cidade-fantasma onde as estrelas passavam férias

A estância balnear nos arredores da cidade cipriota de Famagusta foi abandonada em 1974, quando a Turquia invadiu a ilha. Mais de 40 anos depois, os turcos querem reabrir Varosha, intenção mal recebida pelo Governo de Nicósia e pela comunidade internacional.

Foto
A estância balnear de Varosha, abandonada desde a invasão pela Turquia, em 1974, recebe apenas visitantes cipriotas turcos e turcos Harun Ucar/Reuters

O Hotel Argos, na avenida John F. Kennedy, era o favorito de Elizabeth Taylor e Richard Burton, e a lista de veraneantes do jet set internacional incluía outras estrelas de cinema como Brigitte Bardot e Raquel Welch. A estância balnear de Varosha, a sul da cidade de Famagusta, em Chipre, era justamente considerada como a resposta cipriota à francesa Saint-Tropez.