BCE promete juros baixos e compras de dívida durante ainda mais tempo

Christine Lagarde e os seus pares dizem que as taxas de juro só subirão quando as projecções de inflação apontarem para 2% por um longo período de tempo. E que as compras de dívida só terminarão “pouco antes” das taxas de juro começarem a subir.

Foto
EPA/ARMANDO BABANI

Depois de ter revisto a sua estratégia e alterado a sua meta para a inflação, o Banco Central Europeu (BCE) começou esta quinta-feira a fazer chegar ao terreno as consequências das mudanças operadas, reforçando a sua promessa de um longo período de taxas de juro ao actual nível mínimo em que se encontram, ou mesmo abaixo.