Portugal com 13 mortes (número mais elevado desde Março) e 4376 novos casos de covid-19

País não registava tantas vítimas mortais num só dia desde 22 de Março. Número de pacientes em cuidados intensivos sofreu uma descida, mas há mais 13 internados em hospitais.

Portugal registou, na terça-feira, 4376 novos casos de covid-19 e 13 mortes provocadas pelo vírus. Os dados constam do boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta quarta-feira. Desde o início da pandemia, o país conta 939.622 infecções e 17.232 óbitos.

Este número diário de mortes é o mais elevado em quase quatro meses: no boletim epidemiológico do dia 22 de Março, com dados referentes ao dia anterior, as autoridades de saúde contavam 16 óbitos provocados pelo novo coronavírus. Desde então que a contagem diária de mortes não era tão elevada, com o país a não registar qualquer morte em 13 dias. 

O número de internamentos subiu face aos dados de segunda-feira (mais 13), com os números de pacientes em unidades de cuidados intensivos a registar uma descida (menos seis). Há agora 867 doentes nos hospitais portugueses a combater a infecção, 171 destes em cuidados intensivos.

Os indicadores da matriz de risco que guia o desconfinamento foram actualizados no boletim desta quarta-feira: o índice de transmissibilidade da doença – designado por R(t) –, situa-se nos 1,09, tanto nível nacional como em Portugal continental. Este valor representa uma descida face aos 1,10 registados na última segunda-feira, data em que as autoridades de saúde actualizaram estes valores pela última vez.

A incidência, contudo, sofreu um aumento: há agora 421,3 casos de infecção por 100 mil habitantes a 14 dias em Portugal continental, valor que desce para os 409 casos se tivermos em conta as regiões autónomas. Ambos estes valores representam uma subida face aos números apresentados na segunda-feira, algo que coloca o país ainda mais na “zona vermelha” da pandemia.

Há mais 1660 casos activos de infecção por SARS-CoV-2, num total de 52.147 no país.

As autoridades de saúde deram como recuperadas esta terça-feira 2703 pessoas, num total de 870.243 recuperações desde os primeiros casos de covid-19. Há ainda menos 1398 contactos sob vigilância, num total de 79.542.

Morreram, esta terça-feira: dois homens e uma mulher com 80 ou mais anos; dois homens e duas mulheres entre os 70 e os 79 anos; três homens e duas mulheres entre os 60 e os 69 anos e um homem entre os 40 e os 49 anos.

Aproximadamente 39,9% dos novos casos por covid-19 foram na região de Lisboa e Vale do Tejo, que contabilizou 1744 infecções na terça-feira. Dos 13 óbitos ocorridos no país, dez foram nesta área.

Na região Norte, que contabilizou 1592 infecções (36,4% do total), não foram registados óbitos, que se distribuíram por Alentejo, Algarve e região autónoma dos Açores.