A Lusofonia e o Portugal europeu

Desta cimeira de Luanda, que celebra os 25 anos, fica o Acordo de Mobilidade, peça decisiva para passarmos do degrau de organização intergovernamental para o patamar de verdadeira comunidade de Estados.

1. Os 25 anos da CPLP tiveram algum eco na esfera pública, mas muito menos do que seria expectável. Basta comparar a visibilidade que foi dada à presidência portuguesa do Conselho da UE ou até a alguns dos seus momentos mais vincados para logo se perceber como nem sempre percebemos a nossa vocação estratégica ou até, mais fundo que isso, a essência da nossa identidade. O grande desígnio estratégico de Portugal, que é fundamentalmente um país atlântico, cumpre-se no trazer a lusofonia à Europa e levar a Europa à lusofonia. Como já aqui escrevi, naquilo que julgo poder ser uma síntese da nossa identificação geopolítica e da nossa geopolítica de identidade, “Portugal é uma ilha rodeada de mar e de Espanha por todos os lados”.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários