ANA revoga licença da Groundforce por dívida de 769,6 mil euros

No rescaldo de 48 horas de greve da empresa de handling, cujos efeitos se prolongam, Marcelo Rebelo de Sousa criticou “obstinação” na empresa.

Foto
Paulo Pimenta

A ANA – Aeroportos de Portugal vai avançar com a revogação de uma licença de ocupação da Groundforce, alegando que a empresa de handling deve 769,6 mil euros em taxas de ocupação. Uma medida que surge depois de uma greve de 48 horas que criou um caos nos aeroportos nacionais.