Norte ultrapassa Lisboa e Vale do Tejo em novos casos. País com mais oito mortes e 3261 casos

A região Norte regista o maior número de infecções e ultrapassa Lisboa e Vale do Tejo, contabilizando 1307 novos casos. Mais 25 pessoas internadas nos hospitais portugueses (que agora têm 805): há quatro meses que não havia tantos pacientes em enfermarias.

Foto
Paulo Pimenta

Portugal registou, no sábado, oito mortes e 3261 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, de acordo com os dados mais recentes da Direcção-Geral da Saúde (DGS), divulgados este domingo.

Das oito mortes registadas, cinco foram em região de Lisboa e Vale do Tejo, duas na região Norte e uma no Algarve.

Morreu um homem com idade compreendida entre os 40 e os 49 anos, duas pessoas (um homem e uma mulher) entre os 60 e os 69 anos. Uma mulher da faixa etária dos 70 aos 79 também faleceu e acima os 80 anos morreram dois homens e duas mulheres.

Há mais 25 pessoas internadas nos hospitais portugueses, contabilizando-se agora um total de 805 pacientes hospitalizados com covid-19. Por outro lado, foram admitidas mais três pessoas com a doença em unidades de cuidados intensivos, num total de 176. Desde o dia 18 de Março, há quatro meses, que não havia tantos internamentos, quando se registaram 789 pacientes nas enfermarias.

A Região do Norte regista este sábado mais casos (1307) do que a região de Lisboa, que tem 1279 novos infectados. A região do Algarve é a terceira com mais novos casos (259), seguindo-se a região Centro com 247 e o Alentejo com 117. A região dos Açores regista 43 novas infecções e a Madeira nove.

No total, o país contabiliza 17.207 óbitos por covid-19 e 930.685 casos confirmados desde Março de 2020. Há a reportar mais 1258 casos recuperados da infecção, num total de 861.707 pessoas que conseguiram recuperar da doença desde o início da pandemia.

De acordo com a DGS, há 51.771 casos activos da doença.