Os direitos são iguais em Budapeste ou no Mediterrâneo

A UE não sabe como lidar com a chantagem nas suas fronteiras, seja com a Turquia, Bielorrússia ou Marrocos, que o fazem por pressão política e desejo de represália.

A União Europeia (UE) tem problemas com dois tipos de tiranetes e com dois tipos de direitos humanos. Aqueles que estão no meio de nós, que desconstroem os valores de uma democracia e do Estado de direito (nos quais a UE tem especial apreço em dizer que são inalienáveis) e aqueles que a circundam e usam os movimentos migratórios para a chantagear (sem respeito pelo que é um ser humano).