DGS informou PSP que parecer sobre festa do Sporting seria negativo

Eduardo Cabrita diz que forças de segurança evitaram “incidentes de gravidade mais significativa” que resultaram de “um modelo acordado” entre os “leões” e a CML. Clube diz ser “lamentável o profundo desconhecimento que o ministro revela dos factos sucedidos”.

Foto
A festa do título do Sporting Nuno Ferreira Santos

Quatro dias depois de receber da Inspecção-Geral da Administração Interna (IGAI) um relatório sobre a actuação da PSP nos festejos do título do Sporting, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, marcou uma conferência de imprensa para relatar as conclusões do documento. O governante lamentou a “ausência de cooperação” por parte dos “leões” e descartou erros do ministério que dirige ou da PSP, empurrando responsabilidades pelo que correu mal para o clube e para a Câmara Municipal de Lisboa (CML). A resposta “leonina” foi incisiva: “É lamentável o profundo desconhecimento que o ministro revela.” Apesar das conclusões do IGAI, o PÚBLICO apurou que o representante da DGS informou a PSP a quatro dias do Sporting-Boavista que um parecer sobre a realização de uma festa do título seria negativo.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários