O mar, o campo, as vacas e o circuito de arte do Walk&Talk a passar

Transfigurou a ilha de São Miguel, tornou-se num dos festivais de arte mais relevantes do país e emblema para o exterior. O Walk&Talk completa dez edições e inclui exposições, instalações, excursões e uma maratona. A viagem prolonga-se até 24 de Julho.

Foto
Sara Pinheiro

Com a pandemia, a maioria dos eventos culturais de massas foram cancelados. Mas outros existem que, por causa da escala e das características singulares, se mantêm. Alguns, como o Walk&Talk da ilha de São Miguel, nos Açores, que se iniciou quinta-feira e se prolonga até 24 de Julho, estão entre os mais estimulantes. Este ano o festival celebra dez anos.

Sugerir correcção
Comentar