Governo agirá sempre que se verificarem “margens excessivas” nos combustíveis

Ministro do Ambiente rejeita limitar preços como pretende o PCP e garante que actuará sobre margens dos vendedores para “corrigir disfunções”. Medida abrange gasolina, gasóleo e gás de botija.

Foto
João Pedro Matos Fernandes espera que as margens passem a ser “justas” Adriano Miranda

O Governo vai criar um mecanismo para evitar que os vendedores de combustíveis nos postos de abastecimento consigam margens de comercialização abusivas. O anúncio chegou no dia em que a entidade responsável pela gestão das reservas dos produtos petrolíferos revelou que os ganhos obtidos com a diferença entre o preço de venda ao público e o preço de referência aumentaram durante a pandemia.