Malditos vacinistas

Eis os vacinistas: os vacinados egoístas que, lá por estarem vacinados, acham que estão autorizados a andar sem máscara, oferecendo as gotículas impolutas a qualquer desgraçado que leve com uma tosse, oração ou espirro de suas majestades.

Os piores são os da minha idade ou mais velhos ainda, marchando de costas quentes e caras desafogadas e abrindo caminho entre as hostes com uma desfaçatez que teria chocado a corte de Dom Afonso Henriques.