Nove mortos em queda de avioneta na Suécia

O avião transportava oito pára-quedistas e um piloto, e terá caído perto da pista do Aeroporto de Orebro logo após a descolagem.

acidentes,aviacao,mundo,suecia,
Fotogaleria
O avião transportava oito pára-quedistas e um piloto, e caiu perto da pista de Orebro EPA/JEPPE GUSTAFSSON
acidentes,aviacao,mundo,suecia,
Fotogaleria
Reuters/TT NEWS AGENCY
acidentes,aviacao,mundo,suecia,
Fotogaleria
Reuters/TT NEWS AGENCY
acidentes,aviacao,mundo,suecia,
Fotogaleria
Reuters/TT NEWS AGENCY

Nove pessoas morreram na queda de um pequeno avião na Suécia, perto da cidade de Orebro, na noite de quinta-feira. O avião, um DHC-2 Turbo Beaver, transportava oito pára-quedistas e um piloto. Caiu perto da pista do Aeroporto de Orebro, pouco depois de descolar, e incendiou-se com o impacto.

“É um acidente muito grave”, escreveu a polícia sueca na sua página oficial. “Toda a gente a bordo do avião que caiu morreu.” O porta-voz da Administração Marítima Sueca, Carl-Johan Linde, que supervisiona o tráfego aéreo, disse ao canal de televisão SVT que o acidente deve ter ocorrido durante a descolagem do avião.

A Autoridade Sueca de Investigação de Acidentes deslocou uma equipa para o local do acidente para a região de Orebro, que fica 164 quilómetros a oeste de Estocolmo.

“É com muita tristeza e pesar que recebi a informação trágica sobre a queda do avião em Orebro”, escreveu o primeiro-ministro Stefan Lofven no Twitter. “Os meus pensamentos estão com as vítimas, as suas famílias e entes queridos nesta altura tão difícil”.

A polícia marcou para esta sexta-feira uma conferência de imprensa para dar mais informações sobre o acidente.

Num acidente semelhante, nove pessoas morreram no norte da Suécia em 2019, quando um avião que transportava pára-quedistas caiu logo após a descolagem. A investigação da queda mostrou que o avião tinha sido carregado incorrectamente.