Alguns emigrantes recuam perante as restrições mas muitos “nem equacionam não vir à terra”

O Governo francês desaconselhou viagens a Portugal e Espanha nas próximas semanas. O tempo coincide com a vinda dos emigrantes. A maioria chega a partir de 15 de Julho e muitos têm – ou tinham – a tradição de ficar um mês completo.

Foto
ADRIANO MIRANDA

Não existem dados estatísticos que o comprovem, mas daquilo que foi observado no Verão do ano passado, ter casa ou família próxima em Portugal tenderá a sobrepor-se ao efeito desencorajador das restrições impostas pela covid-19. Nalgumas regiões, porém, o impacto da pandemia já se fez sentir no ano passado com menos emigrantes a virem ao país de origem.