São Brás do Regedouro: uma aldeia que é (também) uma nova unidade de turismo

Uma família de Lisboa encantou-se por uma aldeia do Alentejo e, dois anos depois, nasceu São Brás do Regedouro – Turismo na Aldeia. Para celebrar, há desconto de 20% nas reservas até final de Julho.

,Piscina
Fotogaleria
DR
São Brás do Regedouro
Fotogaleria
DR
hoteis,hotelaria,evora,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
DR
hoteis,hotelaria,evora,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
DR
hoteis,hotelaria,evora,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
DR
hoteis,hotelaria,evora,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
DR

Foi num “passeio em família” que Vítor Ribeiro e os filhos Ricardo, Margarida e Carlos, de Lisboa, conheceram a pequena aldeia de São Brás do Regedouro, a cerca de 20 quilómetros de Évora, outrora “posto de apoio aos viajantes” que por ali passavam “no cruzamento natural de antigos caminhos entre o interior e o litoral alentejano”, incluindo a via romana “entre a capital da Lusitânia (Mérida) e o porto atlântico (Salatia/Alcácer do Sal)”.

Daí foi um passo até decidirem “mudar de estilo de vida” e “sair da cidade”. “Focados na busca de uma melhor e mais sustentável qualidade de vida, decidimos iniciar este projecto com o qual nos identificamos e que nos apaixona”, contam no site do novíssimo São Brás do Regedouro – Turismo na Aldeia, o empreendimento turístico que acabam de inaugurar na localidade alentejana, dois anos depois daquele passeio.

Na aldeia, ainda moram 70 pessoas em permanência – destaque-se o grupo coral de canto, “que conta com 14 elementos, todos eles gente da terra”. O novo alojamento turístico nasce em vários edifícios dispersos pela aldeia, oferecendo “uma experiência imersiva no Alentejo, através do contacto privilegiado com os que ali vivem”.

Ao todo, são 15 casas, divididas em apartamentos com áreas entre 35m2 e 80m2 (tipologias T0, T1 e T2), com capacidade máxima de 45 pessoas. Cada edifício tem ainda “características únicas e pequenos pormenores de construção antiga” e “peças de artesãos locais”.

O empreendimento conta também com recepção, piscina, esplanada, espaços ao ar livre, forno de lenha, zona de massagens, duas salas para eventos e um espaço museológico no centro da aldeia, “Cabanas da Memória”, que pretende manter vivas “as tradições populares e as histórias tradicionais de São Brás do Regedouro”.

Para celebrar o lançamento do projecto turístico, há “20% de desconto em todas as marcações efectuadas até 31 de Julho de 2021 para serem usadas até 31 de Dezembro de 2021”.