Casa de São Lourenço: a sabedoria de um jovem chef entre trutas, cabritos e ervas

A forma como Manuel Figueira, chef da Casa de São Lourenço, trabalha os produtos da Serra da Estrela revela uma maturidade e uma confiança que os seus 25 anos não deixariam adivinhar. Uma cozinha de montanha, a descobrir.

Foto
A sala do restaurante da Casa de São Lourenço tem uma vista sobre o Vale Glaciar do Zêzere dr

No tanque do viveiro de trutas de Manteigas, os peixes nadam na água fria, um ou outro elevando-se num salto elegante e voltando a mergulhar. Com a pandemia, explica o chef Manuel Figueira, à frente da cozinha do restaurante da Casa de São Lourenço, não estava a ser fácil escoar as trutas e por isso tentaram ajudar, preparando mais a tradicional truta de escabeche, e aproveitando para explicar aos clientes como este é um produto de Manteigas, “criado com a primeira água do Zêzere, a que cai dos cântaros, muito pura e gelada, tão pura que mais nenhum peixe se dá ali”.