Sindicatos consideram “ridículo” apoio de 4,77 euros para trabalhar no interior

Sindicatos da função pública lamentam ter ficado à margem da discussão da portaria que define o incentivo a pagar aos trabalhadores que se fixem em concelhos do interior.

Foto
LUSA/ANTÓNIO COTRIM

Os sindicatos da função pública lamentam não terem sido ouvidos pelo Governo na definição do apoio de 4,77 euros por dia a atribuir aos trabalhadores que decidam fixar-se em concelhos do interior do país, seja por mobilidade ou em teletrabalho, e consideram o valor em causa “ridículo” e uma “esmolinha”.