Comissões de protecção de crianças com mais 800 casos de violência doméstica em 2020

O primeiro ano da pandemia trouxe uma descida global no número de crianças acompanhadas nas comissões de protecção. Não é possível saber se ficaram crianças fora do sistema de protecção, admite presidente da comissão nacional, Rosário Farmhouse.

Foto

Com as escolas fechadas, o aumento do desemprego e as famílias em casa, o sistema de protecção das crianças e jovens mostrou um abrandamento em quase tudo no ano passado. Houve menos crianças acompanhadas pelas comissões de protecção de crianças e jovens. A desafiar esse ritmo descendente, a violência entre os pais surgiu em alta não apenas nos processos abertos como nas crianças a ela expostas em 2020, quando comparada a situação com 2019. 

Sugerir correcção
Comentar