Covid 19: 2,2 milhões de passagens aéreas canceladas em Portugal não foram reembolsadas

Relatório do Tribunal de Contas Europeu diz que “os direitos essenciais dos passageiros não foram protegidos nesta crise”.

Foto
Companhias aérea começaram a pagar reembolsos em Junho do ano passado Rui Gaudencio

A pandemia de covid-19 levou ao cancelamento de “5,5 milhões de bilhetes pelas principais transportadoras que operam em Portugal (87% dos passageiros de voos de ou para Portugal)”, de acordo com os dados divulgados esta terça-feira num relatório do Tribunal de Contas Europeu (TCE).