Mundial 2022 será o mote para uma transição suave

Próximo objectivo de Portugal será ainda mais ambicioso do que aquele que caiu por terra em Sevilha. Para “ganhar o Campeonato do Mundo”, vão ser necessários alguns ajustes.

Foto
Pepe estará próximo dos 40 anos na altura do Mundial 2022 LUSA/Julio Munoz / POOL

O repto foi este: “Temos que olhar para a frente e ganhar o Campeonato do Mundo.” Ainda a quente, e na sala de imprensa do Olímpico de la Cartuja, Fernando Santos deixou claro na noite de domingo que saiu de Sevilha já a olhar para o Qatar. A cerca de 15 meses do início da competição, Portugal terá primeiro que garantir um dos 13 lugares europeus disponíveis para a prova, mas, se conseguir o apuramento, levanta-se a questão: quem pode entrar e sair do grupo habitualmente coeso de Fernando Santos? Olhando para mais uma geração de qualidade nos sub-21, não deverá haver problemas para fazer uma renovação sem perder qualidade.