Covid-19, migrações, Rússia: líderes da UE exprimem muitas preocupações mas encontram poucas soluções

Primeiro dia de trabalhos do Conselho Europeu foi marcado por longas discussões sobre a evolução da pandemia, a postura da Rússia e a polémica lei da Hungria que vai contra os princípios fundamentais da União.

Foto
Reuters/POOL

Os chefes de Estado e governo da União Europeia manifestaram, esta quinta-feira, a sua preocupação com a evolução da pandemia de covid-19, e particularmente, “o aparecimento e a propagação de variantes” como a Delta, que segundo as estimativas do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC na sigla em inglês) deverá tornar-se dominante na Europa, podendo representar 90% das novas infecções até final de Agosto.