O professor mais determinante é o do ano do exame

Manter o mesmo professor não tem impacto nos resultados dos alunos, conclui estudo conduzido por investigadores da Nova SBE e do University College de Londres para o Edulog.

Foto
Daniel Rocha

O professor mais determinante para os resultados dos estudantes é o que estes têm no ano em que vão fazer uma prova nacional, como os exames nacionais do secundário ou os do 9.º ano. O efeito nas classificações é superior para quem está no limite entre uma nota positiva ou uma negativa, mostra também um estudo da Edulog, apresentado esta quarta-feira. A investigação concluiu ainda que manter o mesmo docente durante todo o ciclo de ensino não tem impacto nas notas.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários