A liberdade de circulação das mulheres é uma miragem

Onde andam as empresas públicas, as tutelas dessas empresas e os legisladores? Porque diabo não tratam de fazer o que lhes compete e assegurar a segurança e liberdade de circulação de metade da população?

Por esta altura já toda a gente terá visto o vídeo de um motorista dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (serviço público prestado por uma empresa pública, note-se). Uma conversa de engate nojenta do motorista para uma jovem mulher, tratando-a por tu e insistindo mesmo quando a dita jovem lhe dizia para ir conduzir. Quando sozinhos num autocarro, criando uma situação potencialmente perigosa.

Sugerir correcção
Ler 23 comentários