Alma e The Flying Dutchman: “A sustentabilidade tem que ser um dos pilares de qualquer marca”

Nove em cada dez portugueses dá preferência a marcas sustentáveis. São exemplo a Alma Capsule Collections e a The Flying Dutchman, que utilizam tecidos excedentes de produção de outras marcas.

caras-tras-marcas,impar,textil,sustentabilidade,vestuario,moda,
Fotogaleria
A Alma Capsule Collections que aliar a sustentabilidade ao estilo DR
,Pequeno vestido preto
Fotogaleria
Mariana Capão Filipe e Frederica Quintas e Sousa pensaram nas peças essenciais para um guarda roupa de Verão DR
caras-tras-marcas,impar,textil,sustentabilidade,vestuario,moda,
Fotogaleria
Todas as peças são produzidas com excedentes de outras marcas, à excepção de duas peças em algodão orgânico DR
caras-tras-marcas,impar,textil,sustentabilidade,vestuario,moda,
Fotogaleria
A saia Aloé (90€) é reversível DR
Vestido de cocktail
Fotogaleria
Vestido Nectar (160€) DR
caras-tras-marcas,impar,textil,sustentabilidade,vestuario,moda,
Fotogaleria
Top Provence (80€) DR
sustentabilidade,vestuario,consumo,moda,ambiente,reciclagem,
Fotogaleria
A The Flying Dutchman foi criada em 2020 por Tiago Ferreira da Silva e António Campos DR
sustentabilidade,vestuario,consumo,moda,ambiente,reciclagem,
Fotogaleria
As camisas de bowling (44€) são a mais recente novidade da marca DR
sustentabilidade,vestuario,consumo,moda,ambiente,reciclagem,
Fotogaleria
Os modelos com padrões são os mais vendidos da marca DR
sustentabilidade,vestuario,consumo,moda,ambiente,reciclagem,
Fotogaleria
Como a marca utiliza deadstock, cada camisa só está disponível num número limitado de unidades DR
caras-tras-marcas,impar,textil,sustentabilidade,vestuario,moda,
Fotogaleria
Todos os modelos são unissexo, mas 70% dos clientes da marca são mulheres DR
caras-tras-marcas,impar,textil,sustentabilidade,vestuario,moda,
Fotogaleria
Camisa Sunday em Lilas (44€) DR

Mariana Capão Filipe e Frederica Quintas e Sousa não encontravam uma marca portuguesa que conjugasse o estilo e a sustentabilidade. Decidiram juntar-se e criar a Alma ─ especializada em colecções cápsula. Também a The Flying Dutchman nasceu de uma necessidade dos seus fundadores, Tiago Ferreira da Silva e António Campos. Queriam comprar camisas de Verão estilo vintage e era sempre um desafio descobrir o modelo perfeito. Tanto a Alma, como a The Flying Dutchman utilizam deadstock, restos de produção de tecidos de outras marcas, que, de outra forma, acabariam em aterros sanitários.