Parte 3: A amamentação

Mais vale um biberão dado com amor do que uma mama dada no meio de um mar de sofrimento.

Pensei começar esta crónica de mil maneiras diferentes e, mais do que isso, perdi muito tempo a pensar na melhor estratégia para abordar este tema. Confesso até que me sentei em frente ao computador com a perspectiva científica em mente, mas depois escrevi três parágrafos cheios de evidências e quase “arrancados a ferros” e percebi que aquele não era o caminho. A amamentação é uma experiência profundamente pessoal, talvez a mais pessoal de todo o processo de maternidade, e só dessa forma faz realmente sentido falar sobre ela.