A deriva de Costa que põe o país à deriva

A errância de Costa e do seu Governo desgastou seriamente a autoridade do Estado; o que obviamente só pode descredibilizar a mensagem e potenciar os casos de insucesso.

1. O Governo entrou em espiral degenerativa. Está sem rumo, está sem prumo. Costa sempre navegou à vista, mas agora navega às cegas. Todos os dias se abrem rombos na embarcação. A deriva de Costa pôs o país à deriva.