Marcha do orgulho LGBTI+ de Lisboa cancelada

A comissão organizadora da Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa, marcada para este sábado, decidiu não realizar o evento, depois de a DGS recomendar o adiamento para nova data.

Foto
LUSA/Francisco Guasco

A comissão organizadora da Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa anunciou o cancelamento da 22ª edição do evento, marcado para hoje, 19 de Junho.

Proibida a circulação para dentro e fora da Área Metropolitana de Lisboa durante o fim-de-semana, a organização propôs uma marcha “mais contida”, com cumprimento das medidas de higiene e segurança impostas pela pandemia: distanciamento de dois metros, uso obrigatório de máscara e desinfecção das mãos. 

No entanto, no final da tarde de sexta-feira, 18 de Junho, a Direcção-Geral da Saúde (DGS) desaconselhou a realização do evento na data prevista e recomendou o seu adiamento. Um parecer que a comissão organizadora considerou “tardio” e decisivo na decisão de cancelar a marcha.

“Sentimos que a DGS demonstrou uma desconsideração pelas sucessivas tentativas de contacto para planeamento de uma marcha política segura, e ainda um profundo desconhecimento sobre a sua natureza e o que esta representa para a nossa comunidade”, afirmou a organização, em comunicado.

A Marcha do Orgulho LGBTI+ fica, assim, sem nova data para sair às ruas.