Um filme fora do tempo

Com esta estreia comercial, olhamos para um Portugal que desaparecia.

Foto
Retrato de um Portugal interior — filmado na vila de Lanheses, no Minho — o filme procura encontrar as marcas de um tempo que ia mudando. É um filme “entre”, que olha para algo que parece transformar-se, mas centrando-se na procura de uma certa vivência das pessoas e dos lugares

Os anos 1980 são centrais para uma renovação do cinema português. É também época de equívocos, falhas de produção e de um inconsistente mercado cinematográfico. Seriam anos de transição e muitos filmes portugueses acabaram por nunca estrear nas salas. Rodado entre 1978 e 1984, O Movimento das Coisas, de Manuela Serra, passou por festivais durante 1985 até adormecer, sem estreia. É agora recuperado e estreado, numa nova cópia digital. E é motivo suficiente para pensar o filme à luz da sua época e da sua posição no interior de um outro cânone do cinema português.