Faça a mala: 5 coisas inesquecíveis para fazer em Madrid

Numa altura em que assistimos à abertura de fronteiras e ao regresso a alguma normalidade, chegou a hora de não adiar mais aquela visita a Madrid e descobrir a oferta única que só a capital espanhola lhe consegue proporcionar.

Foto
D.R.

Madrid é uma cidade com uma imensa história, uma metrópole cheia de vida que regressa a dias mais normais e recupera toda a sua energia. E a melhor notícia é que está aqui tão perto.

Uma cidade com muito para oferecer – lojas, restaurantes, monumentos e espaços culturais abrem portas e estão agora ao alcance de poucas horas de distância. Esta é a hora de visitar Madrid. E se não sabe por onde começar, damos-lhe uma ajuda. Eis uma lista de cinco coisas que só Madrid consegue oferecer e que tornam qualquer visita à capital espanhola uma experiência inesquecível.

Sentir a alma madrilena

Quem não conheça Madrid vai surpreender-se com a sua atmosfera cosmopolita. Basta caminhar nas calles madrilenas para sentir a energia no ar, o calor das suas gentes, a pujança do comércio, a vibrante actividade cultural, as esplanadas e mercados a fervilharem de vida, os parques que se enchem de pessoas, as lojas, os hotéis.

O ambiente é electrizante nas ruas madrilenas e a vida vive-se com mais intensidade na capital espanhola, uma cidade que invariavelmente desarma todos os seus visitantes, que não antecipam todo o seu fulgor. Madrid convida-o a fazer parte desta atmosfera. O convite é irrecusável.

Conhecer paisagens e monumentos incomparáveis

Se passear por Madrid e sentir a sua energia é por si só gratificante, fazê-lo por entre locais icónicos torna a experiência memorável. Rica em monumentos internacionalmente reconhecidos, a cidade é o paraíso para turistas.​

O centro nevrálgico da Madrid histórica compreende um conjunto ímpar de edifícios reais e espaços verdes, num núcleo denominado Madrid Real e que abarca locais como o Palácio Real, os Jardins Sabatini, o Campo del Moro, o Teatro Real ou o Palácio de Liria.

Outros dos destaques de Madrid são a imponente Plaza Mayor, a majestosa Puerta del Sol e o “triângulo da Arte”, zona artística de sítios tão emblemáticos como o Museu do Prado, o Museu do Prado e o Thyssen-Bornemisza, mas também de outros espaços a não perder como o Museu de Artes Decorativas, o Real Observatório Astronómico e o Jardim Botânico.

Não muito longe, ainda no coração da cidade, fica o Retiro, espaço de lazer por excelência, tanto para madrilenos como para turistas. O parque é perfeito para caminhar, desfrutar do sol e descansar à beira do seu lago.

Foto
Vista da Plaza Mayor D.R.

Fazer uma rota das tapas

Madrid é o paraíso dos foodies. Os números falam por si: a cidade tem mais de três mil restaurantes, vinte dos quais galardoados com as conceituadas estrelas Michelin. As esplanadas e os terraços dos restaurantes e bares de Madrid são uma excelente opção para quem quer degustar o melhor da gastronomia da cidade, a que se soma, muitas vezes, uma esplendorosa vista para a cidade.

Mas para uma experiência verdadeiramente típica, nada como ir de tapas, ou seja, seguir um roteiro pelas ruas da cidade e ir entrando em diferentes espaços para provar diferentes comidas. O conceito centra-se na partilha, seja entre amigos, colegas ou familiares, e Madrid é a cidade perfeita para desfrutar de uma boa refeição em companhia.

Foto
Madrid é o paraíso dos foodies. D.R.

São várias as rotas existentes, muitas delas consagradas a um determinado bairro, como os clássicos La Latina, Malasaña, ou os que têm conquistado fama mais recentemente, como Chamberí ou Ibiza. Difícil será escolher por onde começar!

Explorar o lado artístico de Madrid

Cidade com uma riquíssima história, Madrid preserva dezenas de lojas centenárias, entre elas Capas Seseña, Sombrerería Medrano ou Guitarras Ramírez. Mas ao lado mais típico de Madrid juntam-se diferentes pontos de vista artísticos, tendências arrojadas que colocam a cidade na vanguarda da arte e do design.

Muitos têm sido os jovens que têm pegado em antigos ofícios e que lhes dão um novo enfoque, mostrando que não são uma coisa do passado. Roupa, chapéus, louças, tapeçaria, jóias, móveis ou instrumentos musicais voltaram a ganhar uma nova vida graças ao trabalho destes artistas empreendedores.

Galerias de arte, lojas de roupa de grandes marcas, pequenas lojas de artistas independentes e espaços de workshop florescem em bairros como os de Lavapiés, Barrio de Las Letras, Chueca, Las Salesas, Malasaña, Conde Duque ou La Latinae Los Austrias, zonas obrigatórias para explorar o que de melhor há da arte madrilena.

Assistir a um espectáculo de flamenco

Uma visita a Madrid não pode deixar de incluir uma das mais típicas experiências da cidade: assistir a um espectáculo de flamenco. O flamenco, que junta música e dança, é uma arte considerada Património da Humanidade pela UNESCO, e tem em Madrid a sua máxima expressão.

Não há nada de tão mágico como viver o feitiço desta dança nos característicos tablaos (espaços onde decorrem os espectáculos de flamenco), como o Corral de la Morería, que com os seus mais de sessenta anos de história é considerado o mais antigo e mais famoso tablao do mundo.

Assistir a um espectáculo de flamenco é uma experiência obrigatória para quem visita Madrid. D.R.
As Guitarras Ramirez são das mais tradicionais de Madrid Mónica Silva
Fotogaleria
D.R.

Sentir a emoção de uma história contada através desta arte tão nobre é algo que fica na memória para sempre. A expressividade, força e charme do flamenco são arrebatadoras, e Madrid é a cidade ideal para descobrir esta arte.

Quer saber mais sobre Madrid? Siga as redes sociais do Turismo de Madrid no Instagram, Facebook e YouTube.