Delação!

Medina garante que a delação foi um erro técnico administrativo de procedimentos. Não é verdade! Não é um caso de protocolo, nem um erro de rotinas, é uma questão de controlo da liberdade de expressão!

Em 2021, na Europa, continente dos direitos e das liberdades, terra de asilo e refúgio, em Portugal, Estado democrático há quase cinquenta anos, mais propriamente na capital, Lisboa, a câmara municipal tem gesto horrendo de delação e insídia.