“IVAucher” tem “a vantagem de abrir o mercado de pagamentos”

Recém-comprada pelo grupo Saltpay, a marca Pagaqui vai continuar em Portugal e será exportada para vários países do mundo. Entre outras novidades, o grupo vai conceder empréstimos a pequenos comerciantes, “de forma descomplicada”.

Foto
João Barros e parte da equipa da tecnológica portuguesa comprada no ano passado pelo grupo Saltpay

O lançamento do concurso para criação de uma solução tecnológica para o “IVAucher”, programa que visa incentivar o consumo nos sectores da restauração, alojamento e cultura, através da devolução do valor do IVA pago para utilizar em consumos posteriores, parecia desenhado para a SIBS, a dona da rede Multibanco, e isso afastou outros concorrentes. Mas não. A fintech portuguesa Pagaqui, aliada à Saltpay, arriscou e acabou por ser a única concorrente. As duas entidades apresentaram “uma solução aberta e abrangente que, mais do que para a empresa, terá um impacto grande no sector dos pagamentos em Portugal, que tem tido pouca abertura nos últimos anos”, defende João Barros.