Santiago do Chile de novo confinada porque casos de covid-19 dispararam

Apesar de ser o país de referência na América Latina na luta contra a pandemia, e de ter quase 60% da população vacinada, uma abertura demasiado rápida terá criado esta crise.

Foto
Graffiti em Santiago sobre "distância social" Reuters/IVAN ALVARADO

Apesar de 58% da população chilena ter sido vacinada contra a covid-19, o Governo viu-se obrigado a decretar um novo confinamento na região metropolitana da capital, Santiago, e outras regiões, que entra em vigor no sábado, por causa do aumento descontrolado de novas infecções pelo coronavírus. Foi ainda autorizada a vacina da Johnson & Johnson, que é administrada numa única dose.