Alemanha deixa cair aviso em relação a viagens para regiões de risco

Decisão abre a porta a viagens para muitos destinos em países europeus, incluindo Portugal. Mas não é “um convite ao desleixo”, diz o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Foto
Maiorca, um dos destinos de férias preferidos dos alemães ENRIQUE CALVO/Reuters

A Alemanha anunciou que a partir de 1 de Julho vai deixar de avisar os seus cidadãos para não viajarem para zonas consideradas de risco para o coronavírus que provoca a covid-19, mantendo-o apenas para zonas de alto risco e de risco de novas variantes. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, disse que o fim do aviso visa ter mais normalidade, mas que não implica o fim da cautela. O fim do aviso vai permitir viagens mais fáceis para uma série de países europeus, incluindo Portugal, que neste momento cumpre o critério anunciado que é o de não ter uma incidência a sete dias de mais de 200 novos casos por cem mil habitantes.