EUA acusam Governo britânico de “inflamar” as tensões na Irlanda do Norte

Antes do encontro com Johnson, Biden ordenou aos seus diplomatas no Reino Unido que reforçassem a mensagem de que é preciso evitar a todo o custo pôr em causa o processo de paz irlandês.

Foto
Joe e Jill Biden, à chegada ao Reino Unido, onde o Presidente dos EUA vai participar na cimeira do G7 NEIL HALL / POOL/EPA

Horas antes do seu primeiro encontro com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, em Carbis Bay, na Cornualha, anterior ao início da cimeira do G7 em solo britânico, o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, mandatou os seus diplomatas no país a enviarem uma mensagem firme ao Governo conservador: é preciso evitar a todo o custo pôr em causa o processo de paz irlandês e, ao“inflamar” as tensões na Irlanda do Norte, Downing Street não está a escolher a melhor estratégia para esse desígnio.