Festival de Cannes completa selecção oficial com Gaspar Noé, Dario Argento e um filme-concerto de Bill Murray

Ari Folman leva à Croisette Where Is Anne Frank? e Mathieu Amalric protagoniza a comédia musical Tralala.

Foto
A cidade costeira francesa já se prepara para mais um festival ERIC GAILLARD/Reuters

A edição de 2021 do Festival de Cannes contará com a estreia do novo filme de Gaspar Noé, Vortex, que é protagonizado pelo cineasta Dario Argento, Françoise Lebrun e Alex Lutz, bem como com o regresso do israelita Ari Folman, que leva à Croisette Where Is Anne Frank?, uma animação passada nos nossos dias. Da lista de nove novos filmes que se estrearão em Julho no mais conceituado festival de cinema do mundo, anunciada esta quinta-feira, consta ainda New Worlds, The Cradle Of A Civilization, um filme-concerto com Bill Murray e assinado por Andrew Muscato.

Os filmes anunciados esta quinta-feira fecham a selecção oficial do 74.º Festival de Cannes, embora fiquem ainda por conhecer qual será o filme de abertura da secção Un Certain Regard e o filme da sessão de encerramento da noite da entrega dos prémios. Cannes 2021 decorre entre 6 e 17 de Julho e se já se sabia que vai receber os novos filmes de Wes Anderson, Apichatpong Weerasethakul, Paul Verhoeven, Bruno Dumont, Leos Carax ou Nanni Moretti — bem como dos portugueses Miguel Gomes e Maureen Fazendeiro na Quinzena dos Realizadores —, agora foram conhecidos nove novos títulos a exibir no festival francês.

A saber: Vortex, que versa sobre um casal e a sua dança com a perda da memória, foi adicionado à nova secção Cannes Première; o novo filme de Folman (A Valsa com Bashir, 2008) passará fora de competição; a secção Un Certain Regard conta com mais um membro, Yohan Manca, que entra com o seu primeiro filme, sobre um menino que admira o tenor Luciano Pavarotti - Mes Frères Et Moi.

Bill Murray terá a sua própria festa na secção Special Screenings, indicou esta quinta-feira a organização do festival, com o actor norte-americano a servir de rosto e instrumento ao filme-concerto New Worlds, The Cradle Of A Civilization de Andrew Muscato - o filme passa-se durante um concerto em Atenas, aproveitando o projecto em que Murray embarcou na vida bem real há um punhado de anos, juntando música (“de Bach a Astor Piazzolla”, como indica a sinopse) e clássicos da literatura americana com a ajuda dos músicos Jan Vogler, Mira Wang e Vanessa Perez. New Worlds é também o título do álbum que gravou em 2017 sob esta égide.

Os Special Screenings terão também os filmes Mi Iubita, Mon Amour de Noémie Merlant, Les Héroïques, de Maxime Roy e Are You Lonesome Tonight? de Wen Shipei.

Já os Midnight Screenings contam com os novos títulos Tralala, de Arnaud e Jean-Marie Larrieu e com Mathieu Amalric, e Suprêmes, de Audrey Estrougo, sobre as primeiras expressões do hip hop em França no final dos anos 1980.

Além dos habituais nomes do cinema mundial de autor nas suas mais variadas expressões, com espaço, historicamente, para as aventuras de massas, o Festival de Cannes vai este ano receber em ante-estreia F9, o nono filme do franchise de acção automóvel Velocidade Furiosa - o que causou surpresa entre boa parte do público e do sector. É a mais recente adenda à capacidade do vetusto evento de agitar as águas da indústria cinematográfica, anos depois de contestar a entrada de filmes de plataformas de streaming nos seus alinhamentos ou de banir o realizador Lars Von Trier por declarações polémicas sobre Adolf Hitler.