Rúben Dias eleito o melhor jogador da Premier League

O internacional português vence o título no primeiro ano em que participou na liga de futebol inglesa ao serviço do Manchester City. Pep Guardiola é o treinador do ano.

Foto
LUSA/Laurence Griffiths / POOL

O jogador do Manchester City e internacional português Rúben Dias foi eleito o melhor jogador do ano da Premier League. O anúncio surgiu no Twitter da liga inglesa de futebol. 

O central português vence este título no ano de estreia numa das mais disputadas ligas de futebol do mundo, depois de ser vendido pelo Benfica por 68 milhões de euros. O Manchester City sagrou-se campeão inglês e foi finalista da Champions, que acabou por perder para o Chelsea no jogo realizado no Estádio do Dragão.

O clube já deu os parabéns ao jogador na sua conta de Twitter. “YESSS!!!”, diz o City.

A escolha de Rúben Dias baseou-se no facto de o central português ter sido “fulcral para a terceira vitória do Manchester City em quatro anos na Premier League, causando um impacto imediato na equipa assim que chegou do Benfica em Setembro de 2020”, pode ler-se no site da Liga Inglesa. "Um líder na defesa” da equipa comandada por Pep Guardiola que conseguiu completar 15 jogos consecutivos a ganhar, a quarta melhor marca de sempre na história da competição. 

Rúben Dias “contribuiu para 15 jogos sem sofrer golos, venceu 23 dos 32 jogos em que participou, fez 35 intercepções de bola, 24 tackles, 23 cortes e 135 recuperações de bola”.

Os restantes nomeados para este prémio eram Bruno Fernandes, o também internacional português que joga no Manchester United, De Bruyne (M. City), Jack Grealish (Aston Villa), Harry Kane (Tottenham), Mason Mount (Chelsea), Mohamed Salah (Liverpool) and Tomas Soucek (West Ham).

Ainda segundo o site da Premier League, Rúben Dias é apenas o quarto defesa na história a ser nomeado Jogador do Ano. Os outros três foram Nemanja Vidic, do Manchester United, o antigo capitão do City Vincent Kompany e Virgil van Dijk do Liverpool. É também o segundo português a conquistar o prémio, depois de Cristiano Ronaldo o ter feito por duas vezes, em 206/2007 e 2007/2008 ao serviço dos Red Devils. 

Este prémio é atribuído depois de combinados os votos do público com os dos 20 capitães das equipas da Premier League e um grupo de especialistas.

No dia 20 de Maio Rúben Dias já tinha sido escolhido como o jogador mais valioso da Premier League pela Associação de Jornalistas Desportivos de Inglaterra.

O City arrecadou ainda o prémio de melhor treinador do ano atribuído a Pep Guardiola.