No novo guia da avifauna de Esposende voam mais de 200 espécies de aves

Esposende tem “condições muito privilegiadas para a prática da observação de aves selvagens”.

fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
Guarda-rios CM Esposende
fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
Águia de asa redonda CM Esposende
fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
Águia-pesqueira CM Esposende
fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
Chapim-rabilongo CM Esposende
Pássaros
Fotogaleria
Corvo-marinho-de-faces-brancas CM Esposende
fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
Garça-boieira CM Esposende
,Colhereiros
Fotogaleria
Colhereiro CM Esposende
Pica-paus
Fotogaleria
Poupa CM Esposende
,Redshank comum
Fotogaleria
Andorinha-do-mar-anã CM Esposende
Accipitriformes
Fotogaleria
Peneireiro-vulgar CM Esposende
,Redshank comum
Fotogaleria
Pilrito-escuro CM Esposende
,Gaivota arenque europeia
Fotogaleria
Cagarra CM Esposende
Abibe do norte
Fotogaleria
Abibe-comum CM Esposende
Mar
Fotogaleria
CM Esposende
fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
CM Esposende
Mudflat
Fotogaleria
CM Esposende
fugas,braga,turismo,ambiente,conservacao-natureza,biodiversidade,
Fotogaleria
CM Esposende

A Câmara de Esposende lançou um guia sobre a avifauna do concelho com mais de 200 espécies identificadas, que se assume como “um grande contributo para o conhecimento do património natural” daquele território.

Em comunicado, aquela câmara do distrito de Braga refere que as espécies retratadas no guia “Avifauna do Concelho de Esposende - Rede de Observatórios da Natureza” foram identificadas, em particular, no Parque Natural do Litoral Norte, com especial destaque para os estuários do Cávado e Neiva.

Segundo a autarquia, Esposende tem “condições muito privilegiadas para a prática da observação de aves selvagens”, sendo que as que constam naquele guia foram seleccionadas pelo “valor ecológico, abundância, singularidade, simbolismo ou até pelos atributos estéticos”.

Com textos e fotografias de Jorge Araújo da Silva, o guia elenca as aves por habitats ou biótopos com que estão proximamente relacionadas, “mas sem serem necessariamente exclusivas desse tipo de meio e que se encontram em Esposende por haver boas condições de alimentação, refúgio e nidificação”.

A autarquia salienta a importância da presença das aves referindo que “é sobejamente conhecido o contributo para o equilíbrio dos ecossistemas e também enquanto instrumento de grande utilidade na educação e sensibilização para a protecção e conservação de outros valores ambientais”.

O guia identifica também a localização dos habitats melhor preservados ou representados e, ainda, os equipamentos ou circuitos de visitação que conduzem até esses hotspots.

Açor CM Esposende
Rouxinol-brav CM Esposende
Falcão-peregrino CM Esposende
Pilrito-das-praias CM Esposende
Fotogaleria
CM Esposende
Foto

Os locais assinalados integram a Rede de Observatórios da Natureza, onde se integram também os miradouros mais elevados, na Arriba Fóssil e vale do Cávado, assim como os trilhos da Rede de Percursos Pedestres.

A câmara de Esposende salienta que foram instalados mais dois equipamentos de observação, concretamente em Esposende e em Antas, nos estuários do Cávado e Neiva.

Esta edição foi feita no âmbito da candidatura “Qualificação das Experiências da Natureza do Minho - Rede de Infra-estruturas de Visitação da Natureza do Município de Esposende”, um “projecto-âncora” enquadrado na Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE.

Este guia representa um investimento de cerca de 40 mil euros, sendo comparticipado a 85%, através do Norte 2020.

O guia está disponível em edição impressa, mas estará também em versão digital, no portal de turismo (mais exactamente na página de brochuras digitais).