Bruno Barreira estreia-se como Toubkal com Lullaby e anuncia EP para Outubro

Para os amantes do montanhismo, Toubkal não precisa de apresentações: fica em Marrocos e é o pico mais alto da Cordilheira do Atlas e do norte da África. Mas para os amantes da música há um outro Toubkal que se apresenta agora: é o nome atribuído por Bruno Barreira, 27 anos, portuense de raízes transmontanas, ao seu projecto a solo. Para estreia, um single e videoclipe: Lullaby, que antecipa um EP previsto para Outubro deste ano, The Great Round, e do qual se anuncia para Setembro, um mês antes da edição do EP, um segundo single, The wolves.

Influenciado por músicos como Sufjan Stevens, José González, Patrick Watson, Ben Howard ou Noiserv, diz-se no comunicado que anuncia Lullaby que Toubkal “possui a sua própria linguagem e a sua própria estética”, ambicionando desse modo vir a “ocupar um espaço singular no panorama musical nacional e internacional”. Além disso, acrescenta-se ainda no mesmo texto, Bruno pretende com o projecto Toubkal “guardar e partilhar momentos pessoais de calma, paz e gratidão – momentos estes que o fazem sentir parte de algo maior e que são expostos neste projecto sob a forma de canções. A tela das canções é um indie-folk lento e contemplativo, com ênfase em guitarras acústicas e harmonias de vozes sussurradas.”

O EP The Great Round, com lançamento oficial marcado para 25 de Outubro de 2021, terá, segundo os seus promotores, quatro temas na edição digital mais um tema extra na edição em formato físico. Além de Bruno Barreira, o disco conta com Alcino Canas (bateria), Ana Rita Melo Alves (voz num dos temas, Nocturne), João Figueiredo (baixo) e Tiago Lopes (coros).

Sugerir correcção