O sonho era fazer um grande vinho, mas o Pintas acabou por ser a alma criadora da Wine & Soul

Quando a produtora fundada pelos enólogos Jorge Serôdio Borges e Sandra Tavares da Silva comemora 20 anos de vida, o Pintas mantém-se como uma das grandes referências internacionais para os vinhos portugueses. Esteve na origem da expansão da empresa que associa também os Quinta da Manoella e exporta mais de 70% de todos os seus vinhos.

sabrosa,douro,fugas,agricultura,alentejo,brasil,
Fotogaleria
Jorge Serôdio Borges e Sandra Tavares da Silva Nelson Garrido
sabrosa,douro,fugas,agricultura,alentejo,brasil,
Fotogaleria
Nelson Garrido

Provavelmente nunca o terão imaginado, mas quando um destes dias Sandra Tavares da Silva e Jorge Serôdio Borges puderem reler o belíssimo poema de António Gedeão vão ver que Pedra Filosofal bem lhes podia ter sido dedicado. “Eles não sabem que o sonho é vinho, é espuma e fermento; Eles não sabem, nem sonham, que o sonho comanda a vida”, assim registou o poeta, muito antes de ambos terem assumido o sonho de fazerem um grande vinho do Douro. E nem sonhavam sequer que seria também esse vinho a ditar o seu futuro de vida.