Dois adeptos ingleses detidos e um agente ferido em desacatos no Porto

Adeptos do Manchester City obrigaram à intervenção da PSP.

Foto
LUSA/MANUEL FERNANDO ARAUJO

Um grupo de adeptos do Manchester City provocou nesta noite alguns desacatos na zona da Ribeira do Porto. No final do encontro com o Chelsea, cerca de 30 simpatizantes dos “citizens”, depois de terem abandonado a fanzone, ocuparam indevidamente a via pública e obrigaram à intervenção da polícia. Do incidente resultaram duas detenções, assim como um polícia ferido.

Os dois adeptos detidos, afirmou a fonte da Polícia de Segurança Pública à agência Lusa, foram conduzidos para a Esquadra do Infante, no Porto, enquanto um agente ferido foi conduzido ao Hospital Santo António para ser suturado na face. Os relatos anteriores davam conta de um adepto ferido, que posteriormente foi detido. 

Os detidos aguardam por ser presentes a um juiz, disse ao PÚBLICO este domingo o subintendente Marco Almeida, responsável pela operação de segurança para a final da Liga dos Campeões. Estas duas detenções e o polícia ferido ocorreram num único incidente, na Ribeira do Porto, por volta por volta das 22h15, afirmou.

Adeptos ingleses nos bares da Ribeira do Porto VIOLETA SANTOS MOURA/Reuters
Hooligans ingleses na Ribeira do Porto PEDRO NUNES/Reuters
Simpatizantes do Chelsea e Manchester City viajaram sem qualquer restrição PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos ingleses juntaram-se na Ribeira do Porto antes da final da Liga dos Campeões PEDRO NUNES/Reuters
Hooligans ingleses ocuparam a Invicta PEDRO NUNES/Reuters
Polícia de intervenção dispersa adeptos ingleses no Porto PEDRO NUNES/Reuters
Cidade do Porto acolhe a final da Liga dos Campeões VIOLETA SANTOS MOURA/Reuters
Adepto do Manchester City JOSÉ COELHO/LUSA
Simpatizantes do Chelsea e Manchester City no Porto PEDRO NUNES/Reuters
Polícia controla os adeptos ingleses na Ribeira do Porto JOSÉ COELHO/LUSA
Adeptos ingleses juntam-se nos bares da Ribeira do Porto PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos do Manchester City JOSÉ COELHO/LUSA
Adeptos ingleses no Adega Sports Bar, Porto VIOLETA SANTOS MOURA/Reuters
Adeptos do Manchester City colocam bandeiras na Ribeira do Porto JOSÉ COELHO/LUSA
Adeptos do Chelsea e Manchester City na Ribeira do Porto JOSÉ COELHO/LUSA
Polícia controla adeptos ingleses no Porto PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos ingleses nos bares da Ribeira do Porto JOSÉ COELHO/LUSA
Fãs chegam ao Porto para assistirem à final da Liga dos Campeões PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos ingleses nos bares da Ribeira do Porto JOSÉ COELHO/LUSA
Forças de segurança controlam adeptos ingleses na Ribeira do Porto PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos do Manchester City na Ribeira do Porto JOSÉ COELHO/LUSA
Polícia na Ribeira do Porto para controlar adeptos ingleses PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos ingleses juntam-se na Ribeira do Porto antes da final da Liga dos Campeões PEDRO NUNES/Reuters
Adepto do Manchester City PEDRO NUNES/Reuters
Adeptos ingleses no Adega Sports Bar, Porto VIOLETA SANTOS MOURA/Reuters
Polícia de intervenção dispersa adeptos ingleses no Porto VIOLETA SANTOS MOURA/Reuters
Polícia na Ribeira do Porto para controlar adeptos ingleses VIOLETA SANTOS MOURA/Reuters
Adeptos ingleses no Porto para assistir à final da Liga dos Campeões Reuters/PEDRO NUNES
Fotogaleria

Adeptos ingleses chegaram à cidade do Porto para assistir à final da Liga dos Campeões, que se disputa este sábado, pelas 20h, no Estádio do Dragão.

PÚBLICO

Um grupo de adeptos do City, saído da fanzone situada na Alfândega do Porto, decidiu cortar o trânsito junto ao acesso à Ribeira e a polícia foi obrigada a intervir para os dispersar. No meio da confusão, e dos confrontos com alguns adeptos ingleses, registou-se um ferido (na cabeça e no joelho), que foi posteriormente detido.

Ainda com largas centenas de adeptos, maioritariamente do Chelsea, na Avenida dos Aliados, as atenções da PSP estão também voltadas para o centro da cidade. Até porque muitos dos britânicos que viajaram para o Porto fizeram-no fora dos charters organizados pelos clubes e não têm a obrigação de regressar já na próxima madrugada a Inglaterra.

A PSP tem no terreno mil agentes incumbidos de assegurar que os festejos não resultam em mais incidentes. Numa final 100% inglesa, o Chelsea conquistou a Liga dos Campeões ao derrotar a final o Manchester City por 1-0, em jogo disputado no Estádio do Dragão, no Porto.

Notícia actualizada às 10h11 de domingo