Comissão Europeia “não teve em conta a igualdade de género de forma adequada” nos orçamentos

Tribunal de Contas Europeu diz o que tem de mudar para que não seja assim com as verbas do quadro financeiro plurianual 2021-2027 e do Mecanismo de Recuperação e Resiliência.

Foto
Rui Gaudencio

O título do relatório publicado nesta quarta-feira pelo Tribunal de Contas Europeu diz tudo: Integração da perspectiva de género no orçamento da União Europeia: é altura de transformar as palavras em acção. O compromisso assumido pela Comissão Europeia tem ficado por cumprir. Como fazer diferente com o quadro financeiro plurianual 2021-2027 e o Mecanismo de Recuperação e Resiliência?