A direita em divergência consigo própria e um cheirinho nostálgico de Passos

Líderes do CDS e da Iniciativa Liberal criticaram Rui Rio por se posicionar ao centro ou fazer “o jogo da esquerda”

Foto
Pedro Passos Coelho à conversa com Luís Mira Amaral no primeiro dia de trabalhos da convenção LUSA/JOÃO RELVAS

O primeiro dia de trabalhos da III convenção do Movimento Europa e Liberdade mostrou divergências entre os protagonistas do centro-direita sobre a forma de criar uma alternativa aos quase 25 anos de socialismo em Portugal, esse sim, considerado um sinónimo de empobrecimento do país.