Media Capital anuncia acordo para lançar CNN Portugal

Dona do canal TVI assinou memorando com o grupo Turner Europa para o licenciamento da CNN em língua portuguesa.

Foto
Brenna Norman/Reuters (arquivo)

A Media Capital vai lançar a CNN Portugal, anunciou a dona da TVI nesta segunda-feira. Num comunicado enviado ao regulador da bolsa, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, aquele grupo de media informa que assinou um memorando de entendimento com o Grupo Turner Broadcasting System Europe para um “acordo de licenciamento que prevê a criação da CNN Portugal”.

“Com este acordo, abre-se um novo capítulo na história da televisão em Portugal, uma vez que se trata de uma parceria com uma das mais inovadoras, influentes e prestigiadas cadeias de televisão a nível mundial”, sustenta a empresa que, em Portugal, detém o canal TVI entre outros meios de comunicação social. 

“O canal será programado e operado pela Media Capital sob licença da CNN, a qual também fornecerá formação, consultoria e acesso a conteúdo de todo o portefólio da CNN”, lê-se ainda no comunicado.

O processo tem ainda, contudo, de passar na regulação. “Após a fase de discussão com as autoridades reguladoras e a conclusão do processo de implementação deste novo projecto, cumprindo os trâmites legais e regulamentares, a Media Capital fornecerá todas as actualizações e informações sobre este projecto” em língua portuguesa, acrescenta a comunicação do grupo de media liderado por Mário Ferreira.

Depois de ter lançado a CNN Brasil a 15 de Março de 2020, o grupo de media fundado por Ted Turner avança para um segundo projecto em língua portuguesa.

Além da TVI, que emite em sinal aberto, a Media Capital tem outros canais (como TVI 24, TVI Reality, TVI Ficção, disponíveis via cabo). Em 2020, o grupo português que detém as rádios Comercial, M80, Cidade e SmoothFM registou prejuízos de 11,1 milhões de euros, segundo as contas enviadas à CMVM. Um desfecho que, mesmo assim, traduz uma melhoria de 80% no resultado líquido face a 2019.