O dinheiro cheira bem?

Queremos que o Plano de Recuperação e Resiliência signifique uma verdadeira melhoria do SNS. No entanto, quem estiver atento também perceberá que, perante o cheiro do dinheiro, outros interesses se levantam de forma organizada.

Muitos de nós, profissionais de Saúde ou investigadores que sobre o Serviço Nacional de Saúde (SNS) se têm debruçado, temos olhado com atenção para a distribuição de financiamento nesta área. Neste momento fundos exteriores aos Orçamentos Gerais do Estado já têm desenhada uma distribuição autónoma na proposta do Governo para o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Estamos interessados em que signifique uma verdadeira melhoria do SNS. Este mostrou a sua resistência e capacidade de auto-organização mas está há anos nos limites do esforço. No entanto, quem estiver atento também perceberá que, perante o cheiro do dinheiro, outros interesses se levantam de forma organizada.