Trégua entre Israel e o Hamas mantém-se firme nas primeiras horas

Bombardeamentos israelitas na Faixa de Gaza fizeram 232 mortos. Os dois lados dizem que estão prontos a responder a qualquer violação do cessar-fogo, mas não há sinais de que isso possa acontecer nos próximos tempos.

Foto
O regresso dos palestinianos de Gaza às suas casas destruídas depois do fim dos bombardeamentos Reuters/MOHAMMED SALEM

O cessar-fogo entre Israel e o Hamas foi respeitado por ambas as partes na madrugada desta sexta-feira, ao fim de onze dias consecutivos de bombardeamentos israelitas na Faixa de Gaza que fizeram 232 mortos no lado palestiniano. Ao mesmo tempo que a violência deu lugar à trégua mediada pelo Egipto, o Presidente dos EUA, Joe Biden, comprometeu-se a ajudar na reconstrução de Gaza e as Nações Unidas apelaram à retoma do diálogo na região.